23.4.08

Salve Jorge


Salve Jorge, beleza?

Hoje, 23 de Abril é o teu feriado.

Sabemos que não existem dragões, e que no seu tempo não haviam dinossauros. Então de onde tiraram essa idéia?

Hum... entendo.

A iconografia tratou de colocá-lo matando um dragão simplesmente para ilustrar o combate às forças do mal. Certíssimo, um dever de todo cristão.

Pra dizer a verdade, essa história me faz lembrar muito do George Bush, um xará seu.

Jorge W. Arbusto, ou simplesmente George W., foi lá no oriente e, em nome da paz e da liberdade, passou a espada em um monte de muçulmanos malvados. Uma gentezinha desprezível que os irmãos americanos chamam pejorativamente de "cabeças de toalha". Malvados!

Jorge W. diz-se um bom cristão, um cara do bem. Os inimigos dizem que ele é um cruzado, como você, Seu Jorge da Capadócia.

Sabe Jorge, tua imagem anda meio superexposta em locais pouco ortodoxos. Todo boteco de quinta categoria, puteiro mequetrefe e terreiro de chão de barro tem um nichozinho de parede com uma lampadinha vermelha e você feito de louça barata pintadinha com esmalte. O que você, santo padroeiro da Inglaterra, anda fazendo nestes lugares?

Vejo-te também frequentemente em pingentes de ouro no pescoço de policiais e de traficantes de drogas... Juro que é verdade! Minha mulher tem um primo na polícia civil (que inclusive tem a maior cara de cerol), e o colar que o sujeito usa me causaria um empenamento da cervical. Haja ouro para tanta fé! Haja ouro para tanto medo da morte!

"facas e espadas se quebrem, sem o meu corpo tocar...eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge...".

Agora eu vou ouvir um Racionais MC's pra espantar a urucubaca!




O desenho colorido lá de cima é um detalhe da capa de um rei matador de dragões. O croqui eu abandonei porque achei muuuito violento. Foi publicado no livro "História Meio ao Contrário", de Ana Maria Machado. Para ver a ilustração completa visite o meu site na seção Portfolio>Livros infantis>imagem 12)

4 comentários:

Bruno Porto disse...

Aqui no Oriente o dragão está muito mais ligado a água do que ao fogo. É o símbolo máximo do Poder na China, tanto que apenas o Imperador podia usá-lo em suas roupas, pois o dragão tinha livre acesso aos deuses. Diferente das suas manifestações ocidentais, não é uma besta que solta fogo pelas ventas: é do bem, sábio (um tanto cabeça dura, segundo ela) e da sua boca sai água. E em um país com apenas 11% de sua área cultivável e uma população imensa, água é importante pois significa colheita. Daí as formas ondulantes do dragão serem vistas em nuvens e rios. Alarbraço!

carla disse...

Salve Renato,como esta a vida? Muito linda a sua ilustracao, pra variar :)
Bem,eu so acho que os feriados ja sao muitos...Sao Jorge eh o padroeiro da Inglaterra e o Ogum nos terreiros,e no entanto nao eh feriado nem aqui e nem na Bahia... Oremos mas ralemos tambem,devotos! ;)
Bjs

SAM disse...

Conheci seu blog através do Mauro Rego e adorei o espaço Alacrônicas.

Salve Jorge!

São Jorge é um santo popularíssimo. É domínio do povo e assim musicada sua oração. Daí estar presente em tantos lugares, como você disse " pouco ortodoxos". É verdade! Até ladrão - dizem - faz uma oração para praticar seu delito em paz e sair ileso , no melhor estilo fecha-corpo. Também é uma expressão bastante usada quando se refere a uma pessoa desprovida de encantos. Enfim, a diversidade cultural que determinará o significado do dragão.

Adorei sua arte e textos. Vou visitar seu Portfolio, Alarcão. Parabéns!

Beijos

Ton disse...

Interessante a ilustra, muito boa!
Ela completa é show de bola.
Ficou legal a mistura de estilos o cavalheiro medieval (ocidente) e o dragão com o corpo de serpente (oriental).