26.11.06

Novo filme de Jean-Pierre Jeunet


Soube que o cineasta francês de Amélie, Jean-Pierre Jeunet, está trabalhando em um novo filme baseado no livro "The Life of Pi", que deu ao seu autor, o canadense Yann Martel, o Booker Prize da Inglaterra (uma das maiores distinções da literatura mundial). Tive a oportunidade de ilustrar a crítica do New York Times na época do lançamento do livro (essa monotipia aí).
Trata-se de uma história sensacional sobre um menino indiano chamado Pi, que é sobrevivente de um naufrágio que traga toda a sua família em mudança para os EUA junto com seu zoológico particular.
Sozinho no pequeno bote, Pi tem como como companhia apenas um enorme tigre de bengala. Haviam outros sobreviventes no bote, mas estes acabaram na barriga do tigre. Então, Pi tenta manter-se vivo e de fato sai-se muito bem nesta tarefa ao longo do livro.
Na época do prêmio Booker, a imprensa especializada aqui "cantou a pedra" de que o enredo desta história de Yann Martel havia sido chupado do livro "Max e os Felinos", escrito pelo brasileiro Moacyr Scliar. De fato, logo nas primeiras páginas do "The Life of Pi" há um agradecimento especial de Martel ao próprio Scliar.
Espero que o filme seja tão maravilhoso quanto o livro (e em se tratando de Jean-Pierre Jeunet, acho que podemos todos ficar sossegados). Vou procurar o livro Max e os Felinos, pois acho o Moacyr Scliar um escritor maravilhoso.

Um comentário:

EDDE WAGNER disse...

Cara, eu adoro suas monotipias! Quando der um curso sobre esta técnica, me dá um toque, please!