2.9.10

Sete de Setembro

No desfile de Sete de Setembro de 1979 minha escola foi a vencedora graças ao luxo do casal mirim Dom Pedro e Dona Leopoldina. O imperador sou eu aos 9 anos e 2 dias de idade. Minha mãe, costureira de mão cheia, fez a indumentária com toda atenção aos mínimos detalhes. As medalhas vieram da coleção do meu pai, grande esportista na juventude, e as botas foram emprestadas de um amigo (e estavam grandes no meu pé).


Depois de desfilar de mãos dadas com a princesinha por mais de uma hora, meu coraçãozinho juvenil sucumbiu às flechas de Cupido. O nome da menina eu esqueci mas, lembro-me muito bem dela ter sido minha primeira paixão avassaladora. 


Ah, como são lindos e efêmeros os amores da infância...



2 comentários:

Dri disse...

Que fofo!!!
Tem até bigodón!

jefhcardoso disse...

A infância guarda doces lembranças!

*Entre o sonho e a realidade eu prefiro a realidade que me permita sonhar. http://jefhcardoso.blogspot.com