23.1.09

Ponha-se na rua!

Certa vez meu avô me contou que o primeiro Alarcão a pisar no Brasil veio pouco antes da chegada da família real portuguesa. Tinha uma função bastante específica: escolher os melhores casarios da cidade e na porta deles escrever as iniciais PR, de "principe regente". A sigla era motivo de infortúnio para o dono da casa, uma vez que significava que ela seria ocupada por algum membro da comitiva real. O proprietário deveria sair dali em menos de duas semanas. O "PR" escrito pelo Alarcão entrou para a história como "ponha-se na rua".

Como se pode notar, tenho um ancestral que já trabalhava com pincéis e tintas.

4 comentários:

Rivaldo Barboza disse...

Isso mesmo!
Estou lendo o livro 1808 e o autor falou dessa manobra.
Que coincidência, hein?
Pena que essa não era uma tarefa digna de um Alarcão.
A propósito, seu livro ABC do mundo Judaico está fenomenal.
É chover no molhado, mas, parabéns!!
Um grande abraço.

elcerdo disse...

Provavelmente este primeiro Alarcão retirou um dos Lacerdas de seu aconchegante lar, ehehe

Alarcão disse...

Se liga, qualquer dia passo no seu apê em Ipanema e te dou um chute na bunda!

LAUR3NC10 disse...

Bom, ele trabalhava com pincéis e tintas, mas não sabia utiliza-los tão bem quanto vc!
Sou teu fã cara! ! !(não saio por ai falando isso pra todomundo)

Espero um dia aprender a usar os pinceis e tintas como você.

Considere-se abraçado!