14.1.09

Um dia fiz quadrinhos. Mas faz tempo.



Esse desenho é do tempo em que eu ainda estudava na Escola de Belas Artes, no Rio. Pode botar aí uns 18 anos atrás.

O trabalho foi proposto em aula pelo Rui de Oliveira, que entregou a todos os alunos uma cópia dessa pintura daí de baixo, do pintor Almeida Junior (1850-1899), e pediu que cada de nós um criasse alguma peça gráfica a partir dela.

O meu trabalho foi uma história em quadrinhos chamada Cyberpunk Tarantula. Com apenas 3 páginas, o final é esse aí de cima. Um belo dia acho esses originais aqui e mando para uma revista.

4 comentários:

elcerdo disse...

Este personagem parece um amalgama do cebolinha com algum inseto.

Henrique disse...

Caraca, brincou hein alarca! Muito maneira essa aranha com as patas desaparecendo na poeira.

Rsss parece que esse goblin-piloto saiu da aranha pra declamar uma fala de Hamlet!

Marcos disse...

Eu não entendi como uma coisa deu origem à outra. Mas tudo bem.

É, eu conheço gente que fazia HQ naquela época. ;-)

Bruno Porto disse...

Ah, vai que só fez isso de HQs...