9.11.08

Mestres

"Um mestre não é um professor. Professores nos levam a repetir e adotar suas idéias. Mestres, ao contrário, nos incitam a renegá-las, para formar assim nossa posição" , Disse José Castello, colunista do caderno Prosa e Verso, do jornal o Globo.

Esta é uma definição que ressoa internamente com minhas convicções. Lendo-a percebo que, intuitivamente, tenho buscado também me conduzir desta maneira junto aos meus alunos.

Um outro conceito que me inspira profundamente encontrei em uma citação de Platão, que dizia-se um obstetra mental, por ajudar aos outros a dar luz às suas próprias idéias.

São duas frases que complementam-se mutuamente sem deixar brecha para muita coisa a mais. Talvez tenha faltado apenas dizer que educar, ensinar, compartilhar o conhecimento, é sobretudo um gesto de generosidade.

Até hoje tive 4 mestres: Rui de Oliveira, Bandeira de Mello, Kazuo Iha e Marshall Arisman.

Tive sorte!

8 comentários:

Henrique disse...

A arte do Rui e do Bandeira eu já conhecia, a do Kazuo nunca vi (o link só tem uma obra ou eu é que sou burro?). Mas, p.q.p., o que é o site do marshall arisman?? Estou na primeira galeria e já boquiaberto. Lembro que na aula vc passava essa imagem (http://www.marshallarisman.com/illustration/pages/1timecrime.htm), e o trabalho dele faz jus. Taí um mestre que vale a pena citar, rsrs

Alarcão disse...

Pois é Henrique, o Kazuo é gravador e pintor e, ao que me parece, não é muito afeito às coisas do universo virtual. Tive sorte de achar um link para a obra dele.
Obrigado pelas visitas recorrentes. Você é o meu leitor número 1 de 7.

elcerdo disse...

Opa, to por aqui também, só não deixo rastro.
Esta série do Marshall de pinturas rupestres são muito boas, Ayahuasca, provavelmenet a base de muitas substâncias.

popdesign disse...

tive o prazer de ter aula com o rui e o kazuo. o kazuo amei desde o primeiro dia. já o rui admirei depois que deixei de ser aluna dele e vou guardar pra sempre um desenho q ele fez nos meus rascunhos q era como devia me portar.

marcia cardeal disse...

Caramba, há quanto tempo eu não ouvia falar no Kazuo...Estudei na EBA (UFRJ- com visual, fins dos 70, início dos 80)e ele era tb aluno na época. Bem mais adiantado que eu...Já tinha um trabalho belíssimo!..Esse teu texto é muito pertinente. E salve esses gdes mestres!!(perdi de ter o Rui como prof - ele entrou logo depois que me formei e voltei para o sul)....Enfim...ADORO teu trabalho e teu espaço. Na minha lista de mestres "indiretos" eu ponho Rui e você, lado a lado. Só pra vc saber, hehehe!... bjs

leonardo climaco disse...

Grande texto e Grandes referencias!
Em especial o Bandeira de Mello....
Tbm não consegui ver mais imagens do trabalho do Kazuo.

Helio Salema disse...

Alarcão, infelizmente não fui aluno de nenhum desses que citou. Mas fico feliz em incluí-lo com um dos meus mestres, sem puxassaquismo nenhum. Vc me ajudou a ter um conteúdo visual.
Brigadão!

runescape money disse...

where you come from!