9.11.07

milagre cibernético


"Seu Renato, encontrei seu isqueiro dentro da máquina de lavar", a empregada daqui de casa esticou o braço e me entregou meu pen drive Sony.
"Tava no bolso da bermuda", completou.
"Ai caceta...", pensei.

Conectei o bicho no computador e abri todos os arquivos normalmente.
É isso aí. Pen Drives Sony: à prova de máquinas de lavar e usuários acerebrados.

OU:

Será que todo pen drive é a prova d'agua, fogo, terremoto, e somente o burraldo aqui não sabia?

A foto do post não tem quase nada a ver com assunto. É que eu achei bonitinha...

3 comentários:

sam disse...

hahaha
um pen driver highlander :)

Dudu Rocha disse...

Tá mais para Pen Diver! (rsrsrsrs)

Deu sorte, perdi meu Shuffle, aquele iPod velho com cara de Pen Drive, queimado num PC safado.

Abraço!

Marcos disse...

Já eu no domingo lavei uma calça com lenço de papel no bolso e todas as roupas ficaram cheias de fiapos (inclusive uma das camisetas preferidas da Ale). Tive que escovar tudo e lavar outra vez, e mesmo assim não ficou bom. Conclusão: a tecnologia do pen drive é mais avançada que a do lenço de papel. Portanto, da próxima vez, levo um pen drive pra assoar o nariz.